quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Mensagem para os colegas cursistas das TICs !

FACE A FACE COM DEUS


Havia um pequeno menino que queria se encontrar com Deus. Ele sabia que tinha um longo caminho pela frente. Um dia encheu sua mochila com pasteis e guaraná e saiu para brincar no Parque.

Quando ele andou umas 3 quadras, encontrou um velhinho sentando em um banco da praça olhando os pássaros. O menino sentou-se junto a ele, abriu sua mochila e ia tomar um gole de guaraná, quando olhou o velhinho e viu que ele estava com fome, então ofereceu-lhe um pastel. O velhinho muito agradecido aceitou e sorriu ao menino.

Seu sorriso era tão incrível que o menino quis ver de novo; então ele ofereceu-lhe seu guaraná. Mais uma vez o velhinho sorriu ao menino.

O menino estava tão feliz! Ficaram sentados ali sorrindo, comendo pasteis e bebendo guaraná pelo resto da tarde sem falarem um ao outro.

Quando começou a escurecer o menino estava cansado e resolveu voltar para casa, mas antes de sair ele se voltou e deu um grande abraço ao velhinho.

Aí o velhinho deu-lhe o maior sorriso que o menino já havia recebido.

Quando o menino entrou em casa, sua mãe surpresa perguntou ao ver a felicidade estampada em sua face. - O que você fez hoje que te deixou tão feliz assim?

Ele respondeu. - Passei a tarde com Deus __ e acrescentou__ Você sabe, Ele tem o mais lindo sorriso que eu jamais vi?

Enquanto isso, o velhinho chegou em casa com o mais radiante sorriso na face, e seu filho perguntou: - Por onde você esteve que está tão feliz?

E o velhinho respondeu: - Comi pastéis e tomei guaraná no parque com Deus.

Antes que seu filho pudesse dizer algo, falou: - Você sabe que Ele é bem mais jovem do que eu pensava?

A face de Deus está em todas as pessoas e coisas que são vistas por nós com os olhos do Amor e do coração. Que DEUS abençoe você que está lendo essa mensagem agora! Fique em PAZ...
TENHA UMA OTIMA E ABENÇOADA SEMANA!!

"Deus... enquanto muitos te conhecem como uma força, eu tenho o privilégio de te conhecer como meu Pai"

As flores nos encantam!

Unid_IV_Ativ3_Conceitos_Curriculo_TIC_divina
Currículo é um conjunto de saberes que vem associado às disciplinas e situações cotidianas, representa a caminhada que o educando faz ao longo de seus estudos, implicando nos conteúdos estudados e nas realizações de atividades.
O currículo como proposta de projeto de aprendizagem é preciso rever a organização, pois os alunos precisam ter interesses comuns para a escolha dos temas. Trabalhando então, a questão de grupo, de criatividade, de cidadania, da interdisciplinaridade do que o aluno já trás de conhecimento, onde a aprendizagem parte daquilo que ele já sabe, ou seja, das suas certezas provisórias em busca das respostas às suas dúvidas.
Hoje, várias escolas têm elaborado formas de organização do ensino que privilegiam conhecimentos para oportunizar a todos o acesso ao conhecimento.
Entre estas contribuições encontramos: a importância de trazer para a sala de aula a cultura, o estudo de problemas cotidianos, a aplicação do conhecimento aos problemas que o educando precisa enfrentar em seu dia-a-dia. Junto a esta perspectiva, encontramos também a possibilidade de libertar a escola do cumprimento de uma lista de conteúdos previamente estipulados e, propondo aprendizados fundamentais em um determinado tempo, ir desenvolvendo métodos de acompanhamento das aprendizagens que atendam ao contexto de desenvolvimento que cada aluno apresenta.
As tecnologias tornam o currículo mais dinâmico e enriquecem ambientes de aprendizagem,onde o aluno interagindo pode construir seu conhecimento,aprendendo e desenvolvendo o raciocínio ou resolvendo situações problemas.O uso das tecnologias veio facilitar e incentivar o desenvolvimento do currículo, além de possibilitar a troca de experiências de forma colaborativa,buscando aprimorar habilidades e competências para a resolução de problemas. O trabalho por projetos possibilita ao aluno explorar, produzir novos conhecimentos e trocar experiências, ampliado pela presença das tecnologias. Para que seja realizado com eficiência é necessário ser integrado às outras disciplinas, pois só assim temos uma visão da importância do trabalho interdisciplinar. O processo é um todo, pois assim teremos alunos motivados em sala de aula.

Unid_IV_Ativ2B_Projetos_de_trabalho_em_sala_de_aula_divina

Unid_IV_Ativ2B_Projetos_de_trabalho_em_sala_de_aula_divina


O trabalho foi desenvolvido com os alunos das 2ª Séries do Ensino Médio da Escola Estadual Comendador Pádua Fleury.
A proposta de atividade “A QUESTÃO AMBIENTAL”, fazia parte do planejamento curricular do 2º Trimestre da Disciplina de Geografia e foi conduzida pelos professores da escola, que conduziram as etapas de apresentação de aulas práticas e no desenvolvimento das atividades propostas envolvendo a tecnologia.
A referida proposta ocorreu em três fases sendo que, uma em sala de aula e a outra no laboratório de informática da escola.
Na sala de aula: inicialmente a professora apresentou a proposta do que seria trabalhado ( assunto, objetivos, tarefa a realizar, avaliação, tempo de execução, apresentação). Os alunos ficaram motivados e animados para realizarem trabalhos práticos referentes ao assunto proposto.
Na sala de Multimídia: A professora fez um levantamento oral, ou, uma retomada dos conhecimentos prévios dos alunos sobre “A Questão Ambiental” e o que devemos fazer para salvar o nosso planeta. Pelas respostas apresentadas os alunos demonstraram que já tinham conhecimento sobre o assunto. Responderam que era um assunto comentado todos os dias pelo rádio, televisão e internet e também em sala de aula. A professora acrescentou informações sobre o assunto convidando-os a assistirem documentários em vídeos sobre a “A HISTÓRIA DAS COISAS”; programa “ECOPRATICO” da TV Cultura e também sobre “CONSEQUENCIAS DAS AÇÕES HUMANAS NA TERRA,exibidos no site do youtube e outros . Após a exibição dos vídeos, a professora conduziu uma rica discussão sobre o tema, o que suscitou alguns relatos de experiência de conscientização e outras atitudes a partir do vídeo assistido.
No Laboratório de Informática: A turma foi dividida em 6 grupos e os alunos se posicionaram em grupos nos 12 computadores existentes ( ressaltamos que ficou um ambiente apertado). Foram logo seguindo as instruções que estavam no quadro do Laboratório:
1) Abrir uma pasta com o nome de um componente e a turma;
2) Tudo que encontrado sobre o assunto como imagens, vídeos, sons, textos e endereços interessantes salvar neste local;
3) Dar oportunidade para todos componentes do grupo dar sua opinião e manusear o computador;
4) Distribuir tarefas no grupo;
5) Chamar a professora da disciplina ou a responsável pelo laboratório quando tiverem dúvidas.
Os alunos demonstraram bastante interesse quanto ao tema em questão e curiosidade ao usar a internet e outros recursos, o que facilitou a compreensão do assunto e a execução da atividade.
O que desmotiva um pouco e torna a turma mais agitada dentro da sala de informática é a “lentidão “ da internet, ou seja, a demora para carregar as páginas.
Foram usadas 2 horas aula no laboratório de informática para dar início ao trabalho e poderem tirar as dúvidas. O restante do trabalho, conforme acordado com os alunos, seria realizado fora do horário das aulas, em casa ou em turno inverso na escola. Não poderiam deixar de prestar atenção no cumprimento das datas de entrega para correção e depois, para as apresentações.
Os Movie Maker foram muito criativos, enfocando até mesmo assuntos que eram da realidade e problemática enfrentada pelos alunos. Nas apresentações também trouxeram palestrantes para embasar ainda mais seus assuntos ( o caso da reciclagem).
Com a finalização dessa proposta, percebemos a importância do uso da informática em sala e como é necessária a continuidade desse trabalho na escola, levando os discentes a desenvolverem atividades que os permitam ampliar seus conhecimentos e terem acesso a aulas mais dinâmicas, atrativas e que despertem a curiosidade do aluno.
Consideramos que conseguimos atingir os nossos objetivos porque, além dos alunos terem realizado o que nós havíamos proposto, eles extrapolaram com suas contribuições, enriquecendo a proposta.

Unidade_IV_Ativ_2A_Socializando_Experiência_com_Projeto_divina

Unidade_IV_Ativ_2A_Socializando_Experiência_com_Projeto_divina

Socializando uma experiência com projeto em sala de aula
 Quais os conceitos, atitudes e procedimentos mobilizados e/ou desenvolvidos pelos alunos?
 Como os conteúdos trabalhados se integram ao currículo das disciplinas envolvidas?
 Quais as contribuições das tecnologias e mídias utilizadas ao desenvolvimento da atividade?
PROJETO “LIXO INTELIGENTE”

Todo conhecimento foi construído em conjunto com o aluno para que se envolvesse e despertasse seu senso de responsabilidade. Para que ele ficasse motivado, foram utilizados recursos tecnológicos que possibilitaram uma boa sensibilização, o que propiciou o envolvimento e a motivação dos participantes, garantindo o sucesso do projeto. Foi utilizado filmes, documentários, fotos, internet e uma série de outros recursos à medida que o projeto ia despertando o interesse dos envolvidos. Os alunos pesquisaram e descobriram muitas coisas interessantes sobre os prejuízos que o lixo está causando para o nosso planeta. É muito importante pensar globalmente, mas também agir localmente. Então partiram para as ações encontradas pelo grupo, situações que possibilitaram aos alunos pensar propostas de intervenção na realidade que os cercavam. Foram realizadas pelo grupo coletas seletivas, exposições, palestras, mostra de trabalhos e uma série de atividades relacionadas ao cooperativismo e a uma dimensão prática, que reconheceu como necessária à mudança de hábitos de consumo e de comportamento frente à problemática do lixo.
Os conteúdos trabalhados integraram-se ao currículo de todas as disciplinas, uma vez que a questão ambiental perpassa todos os assuntos. A escola buscou, nas condições concretas de aprendizagem, contribuir para que os alunos percebessem e entendessem as conseqüências ambientais de suas ações nos locais onde estudam, brincam, enfim, vivem, considerando cada vez mais urgente para garantir o futuro da humanidade. A proposta do projeto “Lixo Inteligente” é uma ação educativa que está visando investir numa mudança de mentalidade como um elo para trabalhar a sedimentação da consciência ambiental. A contribuição do uso das tecnologias e mídias neste projeto foi de fundamental importância, uma vez que sabemos que, quando utilizamos os recursos tecnológicos, estamos também tocando o aspecto emocional das pessoas envolvidas e despertando a construção de conheciment

As três peneiras

PARA REFLETIR


Quando for passar uma história adiante, primeiro passe-a pelas três peneiras:

Primeira peneira: a Verdade.
Pergunte-se se o que você quer contar é verdadeiro. Se não for, deixe-a morrer. Se não for, passe-a pela
Segunda peneira: a Bondade.
É coisa boa? Ajuda a construir o caminho e a fama do próximo? Se o que você quer contar é verdade e é coisa boa, passe-a pela
Terceira peneira: a Necessidade.

Convém contar? Resolve alguma coisa? Ajuda a comunidade? Pode melhorar o planeta?!.
Se passar pelas três peneiras, conte!!! Tanto eu como você e seu irmão nos beneficiaremos. Caso contrário esqueça e enterre tudo. Será uma fofoca a menos a envenenar o ambiente e levar a discórdia entre irmãos e colegas. Devemos sempre ser a estação terminal de qualquer comentário infeliz, sepultando-o.

Não esqueça: pessoas medíocres falam sobre pessoas. Pessoas comuns falam sobre coisas. Pessoas inteligentes falam sobre idéias.




Autor desconhecido

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Unidade_IV_ativ_l_Pensando_sobre_possíveis_mudanças_e_contribuições_das_tecnologias-divina
PENSANDO SOBRE POSSÍVEIS MUDANÇAS E POSSIBILIDADES DAS TCIs.
As tecnologias nos ajudam a encontrar o que está consolidado e a organizar o que está confuso, caótico, disperso. Por isso é tão importante dominar ferramentas de busca da informação e saber interpretar o que se escolhe, adaptá-lo ao contexto pessoal e regional e situar cada informação dentro do universo de referências pessoais.
Pela educação de qualidade avançamos mais rapidamente na informação para o conhecimento e pela aprendizagem continuada e profunda chegamos à sabedoria.
O foco da aprendizagem é a busca da informação significativa, da pesquisa, o desenvolvimento de projetos e não predominantemente a transmissão de conteúdos específicos. As aulas se estruturam em projetos e em conteúdos. A Internet está se tornando uma mídia fundamental para a pesquisa. Nunca como até agora professores, alunos e todos os cidadãos possuíram a riqueza, variedade e acessibilidade de milhões de páginas WEB de qualquer lugar, a qualquer momento e, em geral, de forma gratuita.
O educador continua sendo importante, não como informador nem como papagaio repetidor de informações prontas, mas como mediador e organizador de processos. O professor é um pesquisador – junto com os alunos – e articulador de aprendizagens ativas, um conselheiro de pessoas diferentes, um avaliador dos resultados. O papel dele é mais nobre, menos repetitivo e mais criativo do que na escola convencional. “ O professor é a tecnologia das tecnologias.” Diz Pedro Demo. A Webquest propicia a socialização da informação: por estar disponível na Internet, pode ser utilizada, compartilhada e até reelaborada por alunos e professores de diferentes partes do mundo. O problema da pesquisa não está na Internet, mas na maior importância que a escola dá ao conteúdo programático do que à pesquisa como eixo fundamental da aprendizagem.
A escola, com as redes eletrônicas, abre-se para o mundo; o aluno e o professor se expõem, divulgam seus projetos e pesquisas, são avaliados por terceiros, positiva e negativamente. A escola contribui para divulgar as melhores práticas, ajudando outras escolas a encontrar seus caminhos. A divulgação hoje faz com que o conhecimento compartilhado acelere as mudanças necessárias e agilize as trocas entre alunos, professores, instituições. A escola sai do casulo, do seu mundinho e se torna uma instituição onde a comunidade pode aprender contínua e flexivelmente.
Quando focamos mais a aprendizagem dos alunos do que o ensino, a publicação da produção deles se torna fundamental. Os blogs, fotologs e videologs são recursos muito interativos de publicação, com possibilidade de fácil atualização e de participação de terceiros. Professores e alunos podem gravar vídeos curtos, com câmeras digitais, e disponibilizá-los como ilustração de um evento ou pesquisa.
São muitas as possibilidades de utilização dos blogs na escola. Primeiro pela facilidade de publicação, que não exige nenhum tipo de conhecimento tecnológico dos usuários, e segundo, pelo grande atrativo que estas páginas exercem sobre os jovens.
As tecnologias são pontes que abrem a sala de aula para o mundo, que representam, mediam o nosso conhecimento do mundo, possibilitam uma melhor apreensão da realidade e o desenvolvimento de todas as potencialidades do educando, dos diferentes tipos de inteligência, habilidades e atitudes. A escola precisa exercitar as novas linguagens que sensibilizam e motivam os alunos, e também combinar pesquisas escritas com trabalhos de dramatização, de entrevista gravada, propondo formatos atuais como um programa de rádio, uma reportagem para um jornal, um vídeo, onde for possível. A motivação dos alunos aumenta significativamente quando realizam pesquisas, onde se possam expressar em formato e códigos mais próximos da sua sensibilidade. Mesmo uma pesquisa escrita, se o aluno puder utilizar o computador, adquire uma nova dimensão e, fundamentalmente, não muda da proposta inicial.
“Nós temos que restaurar a escola para ela se situar nas habilidades do século XXI que não aparecem na escola, mas em casa, no computador, na Internet, na Lan House. O professor, como a tecnologia das tecnologias, precisa fazer uma grande mudança porque todas a mudanças entram na escola por ele – que é a figura fundamental.” Diz Pedro Demo. Alunos, professores, escola e comunidade se beneficiam.
REFERÊNCIAS: Wikipédia, Tecnologias da Educação: ens. e aprendendo com as TCIs.

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Unidade 3 Ativ 2 Reflexão para blog

2.2 Reflexão
1. Nome da atividade: Plano de aula com recursos tecnológicos
2. Conteúdo: O ciclo da água
3. Como ocorreu a aplicação dessa atvidade com os alunos?
Transcorreu em um clima de entusiasmo e participação dos alunos, pois o assunto é interessante, falando sobre um fenômeno natural: a água.
4. Como foi a receptividade?
Foi excelente, com a participação efetiva de todos os alunos.
5. Como aconteceu a aprendizagem dos alunos?
No final das duas aulas, com a abordagem do assunto em ambiente externo à aula e com a apresentação dos vídeos, os alunos aprenderam muito sobre o tema, trazendo inclusive relatos de conversas e experiências que tiveram com os colegas e familiares.
6. O que você aprendeu com essa atividade?
Quando usamos recursos tecnológicos, nossas aulas ficam mais interessantes, os alunos aprendem mais facilmente e com entusiasmo. As aulas aconteceram em um clima alegre e todos participaram das atividades propostas.

Unidade 3 Ativ 2 Reflexão para blog

2. Evidências
video

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Unidade 2 Atividade 1 Hipertexto - Coisas importantes e significativas

Atualmente, a palavra hipertexto tem sido em geral aceita para textos ramificados e reponsivos, mas muito menos usada é a palavra correspondente "hiepermídia", que significa ramificações complexas e gráficos, filmes e sons responsivos - assim como texto. Em lugar dela usa-se o estranho termo "multimídia interativa", quatro sílabas mais longas, e que não expressa a idéia de hipertexo estendido.
Hipertexo é o termo que remete a um texto em formato digital, ao qual agrega-se outros conjuntos de informação na forma de blocos de textos, palavras, imagens ou sons, cujo acesso se dá através de referências específicas donominadas hiperlinks, ou simplesmente links. Esses links ocorrem na forma de termos destacados no corpo de texto principal, ícones gráficos ou imagens e têm a função de interconectar dos diversos conjuntos de informação, oferecendo acesso sob demanda as informações que estendem ou complementam o texo principal.
Principais características do Hipertexto:
1- Intertextualidade;
2- Velocidade;
3 - Precisão
4 - Dinamismo;
5 - Interatividade;
6 - Acessisbilidade;
7 0 Estrutura em rede;
8 - Transitoriedade;
9 - Oorganização multilinear.
Hipertexto e internet
Uma das maiores controvérsias a respeito deste conceito é sobre sua vinculação obrigatória ou não com a internet e outros meios digitais. Alguns autores defendem que o hipertexto acontece nos ambientes digitais., pois estes permitem acesso imediato a qualquer informação. Outros pesquisadores acreditam que a representação hiertextual da informação independe do meio. Pode acontecer no papel, por exemplo, desde que as possisbilidades de leitura superem o modelo tradicional cosntido das narrativas contínuas ( com início, meio e fim). Uma enciclopédia é um clássico exemplo de hipertexto baseado no papel, pois permite acesso não-linear aos verbetes contidos em diferentes volumes. Um exemplo de hipertexdto tradicional são as anotações de Leonardo Da Vinci e também a Bíblia, devido sua forma não linear de leitura.
Hipertexto e educação.
Um tópico relevante é a utilização da ferramenta de hipertexto na Educação. O trabalho com hipertexto pode impulsionar o aluno à pesquisa e à produção textual. O hipertexto como ferramenta de ensino e aprendizagem facilita um ambiente no qual a aprendizagem acontece de forma incidental e por descoberta, pois ao tentar localizar uma informação, os usuários de hipertexo, participam ativamente de um processo de busca e construção do conhecimento, forma de aprendizagem considerada como mais duradoura e transferível do que aquela direta e explícita. Na sala de aula, onde se trabalha com hipertexto, os alunos, num sistema de colaboração, acabam aprendendo e através de diversas fontes. O próprio conceito de hipertexto, pode nos levar a essa intenção. Uma atividade colaborativa traz benefícios extraordinários no que diz respeito a construção individual e coletiva do conhecimento. Os professores também podem trabalhar com hipertexto para funções pedagógicas. Utilizar textos de várias turmas e redistribuí-los é um bom exemplo. O hipertexto também traz como vantagem para a educação a construção de conhecimento compartilhado, um importante recurso para organizar material de diferentes disciplinas. Trabalhar com hipertexto leva o aluno a produção de textos e traz como vantagens a construão de conhecimento de forma dinâmica einserindo o aluno e o processo educativo no mundo digital. Em produção o aluno e o processo educativo no mundo digital. Em sua produção a aluno se refere a conhecimentos antes aprendidos, mantendo uma relação sempre linear com o texto.
Referências:
Wikipédia;
TECNOLOGIAS NA EDUCAÇÃO: ensinando e aprendendo com as TICs.

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Unidade 3 - Atividade 4 - Planejamento de Atividade com Hipertexto ou internet

Descrição do processo:
Planejmanto:
Como foi planejar usando o hipertexo ou internet?
Com esta atividade eu aprendi muito, pois não tinha o hábito de navegar, visitar sites e inovar meus conhecimentos. Aprendi que a internet é uma fonte inesgotável de conhecimentos e aprendizado. Quando eu retornar à sala de aula estarei com mais experiências para ensinar e dividir com meus alunos.
Comtemplou a utilização de outros recursos?
Sim. Usei Note Book, Data Show e máquina digital.
Conteúdo: Ciclo da água.
Disciplina: Ciências Naturais.
Conteúdo trabalhado: O ciclo da água Conhecimento prévio sobre os movimentos da água, sua importância para manutenção da vida.
Conseguiu fazer conecções com outros conteúdos da disciplina?
Sim. Os alunos aprenderam sobre outos fenômenos da natureza, fizeram desenhos representando o que aprenderam e exposição no mural da sala dos trabalhos elaborados.

Unidade 1 Ativ. 2 Plano de aula sobre Hipertexo ou internet

PLANO DE AULA COM RECURSOS TECNOLÓGICOS
Escola Estadual Ana Amorim
Professora: Divina Ferreira de Aquino Mendes
Conteúdo: Ciclo da água
Componente Curricular: Ciências Naturais
Objetivo: Desenvolver o conhecimento sobre os movimentos da água e sua importância para a manutenção da vida.
O que o aluno poderá aprender com essa aula: Ter conhecimento desse fenômeno natural, tendo como conseqüências as mudanças de estado físico da água: líquido, fasoso e sólido, durante o processo de csirculação. Além disso, a sua importância para a manutenção da vida no planeta.
Duração das atividades: 02 aulas de 50 minutos.
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor: a formação de nuvens, a chuva, a neve, a neblina.
Estratégias e srecsursos das aulas:
1ª aula: A abordagem do tema ambiente externo à sala de aula, em contato com a natureza (introdução e aprofundamentos). Abrir uma discussão a respeito da água se fazendo presente em todos os elementos da natureza. Chamar a atenção dos alunos para o céu: formação de nunves, o sol aquecendo as águas e secando o chão, lembrar o orvalho da manhã nas plantas. Chamar a atenção ainda, que em todos esses fenômenos estão ocorrendo mudanças da água, através de transformações em seu estado físico: líquido, gasoso e sólido. Apresentar o ciclo da água através do Data Show, fazendo explicações conforme a animação e ir aprentando os temas.
2ª aula: Levar os alunos ao laboratório de informátiva para que em grupos possam resolver a atividade interativa sobre o ciclo da água que está disponível em:
Logo após a socialização entre os alunos sobre a atividade desenvolvida sob a orientação do professor, fazer a conclusaão da atividade. Pedir que os alunos façam um desenho representando o que aprenderam. E depois fazer a exposiçao dos desenhos no mural da sala.
Avaliação: Serão avaliados através da participação e interação não só com os joguinhos de animaçao como também com os colegas entre si.

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Hoje a Márcia está de niver!


Parabéns, Márcia!

Seja muito feliz, hoje e sempre!

Abraços.

Divina

Fbem flores são sempre bem vindas!!!


Como é bom receber flores, mesmo que seja virtual. Ofereço estas flores a todos os colegas das TICs.

Tenham uma ótima semana!

Abraços.

Orai sem cessar!!!


Quando pedimos com fé e perceverança, Deus atende nossas preces!


Abraços a todos.

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Unidade III - Ativ. 2

Plano de Aula com Material Digital
O plano de Aula a seguir foi elaborado por Divina Ferreira de Aquino Mendes-Curso de Tecnologias na Educação: ensinando e aprendendo com as TIC’s.Tutora: Marilda da Cruz Sales VazConteúdos: “Lugar onde vivo” - figuras de Linguagem
Tema: Criando metáforas Disciplinas Envolvidas: História e Língua Portuguesa Público Alvo: 6° ano
Período de Execução: 04 aulas
Objetivo Geral: Desenvolver nos alunos o gosto pela leitura e cultura local e propiciar o uso das TICs.
Descrição das Atividades:Atividade 1☻Apresentação em Data show de vídeo sobre o “Tombamento do Centro Histórico de Porto Nacional Tocantins”e, slides sobre a Catedral, discussão com o grupo sobre a preservação das memórias a partir de questionamentos.☻Após a leitura realizada apresentar em murais tabletes coloridos com palavras chaves sobre a cultura material e imaterial de Porto Nacional.♪ Rua das flores, casarão rosa, maestro Adelino, tia Júlia, mãe tia Eulina Braga, Luzia da Silva, pau d’oléo, cabaçaco, Padre Luzo, ♪ buracão, praia porto real, carreira cumprida, draga, piau, Lajedo escadinha, pacu, lajedo caranha, balsa....☻Dividir grupos para a elaboração de poemas envolvendo as palavras apresentadas e após apresentação em mural.Atividade 2☻Leitura dos poemas “Júlia” e “A casa rosa de dona Custódia” Interpretação dos poemas – introdução a figuras de linguagem (metáfora, personificação, comparação e reiteração com dinâmica).☻ Com base nas personagens – tia Júlia, dona Custódia e o casarão rosa. Fazer pesquisa a partir das perguntas: Quem são esses personagens? Quando viveram? O que faziam? Qual a colaboração deles para o desenvolvimento da cultura de Porto Nacional?Atividade 3Apresentação das pesquisas com uso dos recursos áudio e visual em Power point , após elaboração individual de um poema com base nas informações apresentadas.Atividade 4Terminado o texto fazer reescrita no Labim. Em seguida linkar as palavras diferentes no texto e postar no blog http://divinaaquino.blogspot.com que professores e outros alunos leiam e façam comentários.Recursos Materiais: Comunidade local , computadores com acesso a Internet, murais, vídeo, CDs e livros de poemas.Recursos Humanos: Professores e técnico do laboratório de informática .
Competências e conhecimentos necessários: Domínio da leitura textual e conhecimentos básicos de editor de texto e Internet.Avaliação:A avaliação será feita pela professora que observará a participação, a interação entre os grupos, bem como, a compreensão quanto a interpretação dos textos , a conceituação das figuras de linguagens apresentadas e o uso desse recurso na produção dos textos e, principalmente o cumprimento do prazo estabelecido , a qualidade e conteúdo da pesquisa apresentada.

Unidade III - Ativ 1

ATIVIDADE 1 - ANÁLISE, PLANEJAMENTO E EXECUÇÃO DE AULA COM MATERIAL DIGITAL
SUB-TEMA:AULA COM MATERIAL DIGITAL


PREPARAÇÃO DA AULA


A Em que série pode ser utilizado do vídeo escolhido?:
O vídeo Catedral das Mercês poderá ser utilizado do 6º ao 9º

B. Em quais disciplinas o vídeo pode ser explorado?
Língua Portuguesa, Arte, História, Geografia, Matemática e outras.


C. Qual ou quais os conteúdos que você irá ministrar?
Lugar onde vivo” - figuras de Linguagem

D. Qual ou quais os objetivos de aprendizagem a ser estudado com seus alunos?
Desenvolver nos alunos o gosto pela leitura e cultura local e propiciar o uso das TICs.
E. Além do vídeo, que outros recursos podem ser usados?
Apresentação de pesquisas com uso dos recursos áudio e visual em Power point , após elaboração individual de um poema com base nas informações apresentadas.Terminado o texto fazer reescrita no Labim. Em seguida linkar as palavras diferentes no texto e postar no blog http://divinaaquino.blogspot.para que professores e outros alunos leiam e façam comentários.Recursos Materiais: Comunidade local , computadores com acesso a Internet, murais, vídeo, CDs e livros de poemas.Recursos Humanos: Professores e técnico do laboratório de informática


Formatando sua aula em Power Point ( inserir vídeo, imagem, link)
Série
2 Disciplina
3 Professor
4 Vídeo escolhido
5 Conteúdo que irá ministrar
6 Objetivos
7 Questões a serem trabalhadas com os alunos para reflexão do conteúdo

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

LONGEVIDADE


NÃO É TODO MUNDO QUE CONSEGUE CHEGAR NESTA IDADE E PODER DIZER: MINHA NETA, DÊ CÁ TEUS NETOS. É REALMENTE UMA GLÓRIA!

AÍ ESTÁ A DONA VIRGÍLIA, TODA SORRIDENTE, ACALENTANTO SEUS TATARANETOS MIGUEL E ARTHUR.

ANIVERSÁRIO

PARABÉNS VIRGÍLIA! 26.06.2010
NÃO É TODO MUNDO QUE CONSEGUE CHEGAR AOS 89 ANOS COM TANTA SAÚDE E VITALIDADE.
ESTA É A MINHA MAMÃE!

quinta-feira, 17 de junho de 2010

Borboletas!


Que as asas
da borboleta possam beijar o sol


E encontrar seu ombro para pousarem suavemente,


Para lhe trazer sorte, amor e felcididade


Hoje, amanhã e sempre.


Beijos!!!

terça-feira, 15 de junho de 2010

Vamos navegar colegas!


Bom dia pessoal !


Que o Brasil faça bonito em sua estréia hoje!

quinta-feira, 27 de maio de 2010


ORAÇÃO

Senhor, eu Te quero e Te necessito,

vem ao meu encontro em meu coração,

abençoe minha família, meus amigos e

a mim. Amém!

terça-feira, 18 de maio de 2010

quinta-feira, 13 de maio de 2010

Convite

A Fundação “João Damasceno de Sá” comprometida com a Educação e Cultua, convida-lhe(s) para um “Momento Literário” no próximo dia 15/05/10, no Bancrévea Clube a partir das 19h30minh, quando serão lançados:
1 – O livro:
PORTOS do SERTÃO
Cidades Ribeirinhas do Rio Tocantins
Maria de Fátima Oliveira

2 – Projeto de Leitura:
LER É BOM
EXPERIMENTE!
Autor – Laé de Souza-
Execução – Fundação “João Damasceno de Sá”

Pela honrosa presença seremos sinceramente gratos.
Fundação “João Damasceno de Sá”
Pedro Afonso – TO.

Queridos colegas, vamos prestigiar a Odina e comparecer ao evento acima. Isto é cultura.
Abraços

Campanheirismo...

Parceria que fez a diferença.
Ermione e Jane participando do 2º Microcento da Escola Ativa.

Obrigadoooooooo.

Emoções!!

Oi colegas!
Vamos curtir o nosso eterno Drummond...

RECOMEÇAR

Não importa onde você parou, em que momento da vida você cansou, o que importa é que sempre é possível e necessário “Recomeçar”
Recomeçar é dar uma nova chance a si mesmo, é renovar as esperanças na vida e o mais
importante, acreditar em você de novo.Sofreu muito nesse período? Foi aprendizado. Chorou muito? Foi limpeza da alma. Ficou com raiva das pessoas? Foi para perdoá-las um dia. Sentiu-se só por diversas vezes? É por que fechaste a porta até para os anjos. Acreditou que tudo estava perdido? Era o início da tua melhora. Pois é…agora é hora de reiniciar, de pensar na luz, de encontrar prazer nas coisas simples de novo. Que tal um novo emprego? Uma nova profissão? Um corte de cabelo arrojado, diferente?Um novo curso, ou aquele velho desejo de aprender a pintar, desenhar, dominar o computador ou qualquer outra coisa. Olha quanto desafio, quanta coisa nova nesse mundão de meu Deus te esperando.“Porque sou do tamanho daquilo que vejo, e não do tamanho da minha altura.”

(Carlos Drummond de Andrade)

Olha ai as "CDFs" estudando. Saudades Claudete..........



Olha aí as "CDFs" estudando. Saudades Claudete...

Olha ai as "CDFs" estudando.

quarta-feira, 12 de maio de 2010